terça-feira, julho 8

Voltando ao ponto.

É que parece sempre que está tudo tão bem. E de certa forma está. Mas é que tenho uma melancolia que me acomopanha e faz sempre de mim um não sei o quê. E fico tentanto me descobrir, achar os pedaços todos e encaixá-los perfeitamente como num quebra-cabeça. Quando penso que finalmente compreendo volto ao ponto inicial com a certeza de que nada compreendi.

Respire fundo. E volte ao ponto inicial.

2 comentários:

gabyzaupa disse...

Mas num fique triste não.. Há várias vantagens em não saber o que se é por uns tempos, dá pra se descobrir tentando de tudo um pouco. E tenho certeza de que o principal, você sabe. Ou talvez não, a gente muda demais nessa vida, sabe? O que você era há dois, três anos atrás pode não ser nada do que você é hoje. :D

Minha dica é: redescobrir-se ao invés de descobrir-se. E voltar a escrever que faz bem pra você e para pobres leitoras como eu.

Beijos!

Aline disse...

... nada menos que o desespero humano. E só! beijos