segunda-feira, outubro 9


Despertei com uma sensação estranha de que algo não estaria certo. Caminhei com passos curtos para não acordar minha avó, que dormia no quarto ao lado, há 4 passos dos meus. Minha gata passou lentamente por entre as minhas pernas, abaixei respondendo seu afago e acariciei sua cabeça. Fui até a cozinha, peguei um copo com água, andei até a sala dando pequenos goles. Parei diante da janela embaçando-a com minha respiração. O dia estava cinzento... Voltei para meu quarto e dei uma olhada no relógio (5:13am... 27 minutos até o horário de acordar)...

Trimmm... Meu despertador tocou (5:30am). Minha cabeça estava doendo e o dia permanecia cinzento. Desliguei o celular... Tomei uma aspirina e avisei à minha avó que não me sentia bem. Fui dormir...

Despertei com uma sensação estranha de que algo não estaria certo. E certamente não estava... Eram 10:30am... Havia um pouco de sol mas uma nuvem negra encobria minha cabeça. Passei algum tempo olhando para o teto até o horário do almoço. Almocei e voltei para a cama...

Não conseguia mais dormir. Um vazio intenso tomava conta de mim. Tive vontade de sair correndo... Ligar para algumas pessoas... Olhar o dia pela janela mas permaneci imóvel... E o dia se a r r a s t o u vaaaziooo. Decidi comer alguma coisa e para minha surpresa já eram 20:16. Entrei no computador e fiquei olhando para a tela sem mover um dedo por alguns minutos. Coloquei uma música qualquer: Bloc Party - So Here We Are (Legal!) e acabei lembrando do meu antigo blog. Ainda lembrava a senha e fui dar uma futricada nele. O último Post (11/09/2005) e um pedido de socorro... Muita coisa mudou desde então. Mas o pedido de socorro voltou para me atormentar. E esse vazio intenso que me pegou de jeito hoje... Quer saber? Vou dormir mais um pouco e esquecer do que eu não consigo lembar.

Nenhum comentário: